O debate do SBT foi sem graça

O debate do SBT teve regras diferentes do apresentado pela Band, para contemplar todos os candidatos, deixando o debate mais democrático. Isso é bom (democracia sempre) e ruim ao mesmo tempo, porque os candidatos pequenos receberão pouquíssimos votos e não são de tanto interesse dos brasileiros quando os três maiores – Dilma, Aécio e Marina.

Ao contrário do debate da Band, dessa vez a polarização se deu mais com Dilma e Marina, ao invés de Dilma e Aécio. Sobre isso percebi algumas coisas:

1. Dilma está certa em atacar Marina, porque ela representa o maior risco nessa eleição, não Aécio.

2. Aécio deveria atacar mais Marina também. Ao invés disso, passou a maior parte do debate atacando Dilma, fazendo a pose da tradicional oposição do PT. Sendo que ao criticar Dilma, ele só faz as pessoas verem ainda mais que o governo de Dilma não está bom, e que está na hora de mudar, mas só que essa mudança será com Marina, que se mostra como 3ª via, não com ele, que é (ou tenta ser) a “oposição”.

3. Marina dessa vez foi menos clara nas respostas. Talvez ela tenha ganhado o debate, por ter tido o melhor (ou menos pior) desempenho dos candidatos, mas não quer dizer que foi bem. Ela enrolou muito e continuou com o seu discurso bonito. Numa pergunta importante feita por Dilma, sobre como ela pretende conseguir dinheiro para cumprir suas promessas, ela simplesmente fugiu da pergunta e deu outra resposta.

No fim o debate do SBT foi sem graça e fraco.

Anúncios
O debate do SBT foi sem graça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s