O preconceito com Michael B. Jordan

image

Michael B. Jordan fará o Tocha Humana no novo filme do Quarteto Fantástico, que estreia em agosto desse ano

Depois que o trailer de Quarteto Fantástico foi lançado, vi muita gente criticando o filme, dizendo que ele vai ficar uma merda, que o trailer foi horrível, etc. Mas o que mais me chamou atenção é que a maioria desses comentários se referia a Michael B. Jordan, que fará o Tocha Humana. Muita gente dizendo que não tem nada a ver ele ser negro, que o filme ia ficar ruim por causa disso, que ele é negro porque depois de pegar fogo iria ficar queimado… (olha que maldade!)

E essas pessoas ainda diziam em seus comentários “não que eu seja preconceituoso” ou “sem preconceito”, mas na verdade todos esses comentários são preconceituosos. Por que o Tocha Humana não pode ser negro? Qual é o problema disso? Nos quadrinhos ele é loiro, mas não tem problema nenhum ele ser negro. Isso não vai diminuir os seus poderes, nem aumentar os seus defeitos.

Vi outro comentário de um crítico de cinema conhecido dizendo que isso é polêmico porque os Estados Unidos tem uma história recente de preconceito com os negros, e não fica legal colocar um negro para pegar fogo. Discordo totalmente. Se a Fox está fazendo isso é porque eles entendem que tudo o que passou, por pior que foi, ficou no passado, e não devemos mais levar em consideração tudo o que aconteceu no passado para tomarmos decisões no presente.

O objetivo da Fox e de Josh Trank, o diretor do filme, não é fazer polêmica, e sim dizer “por que não um negro fazendo um papel de um herói originalmente loiro?”. Não tem problema nenhum com isso. Eu até acho que a Sony (ou quem sabe a Marvel, numa negociação com a Sony) deveria fazer o Ultimate Homem-Aranha, aquele em que o personagem é Miles Morales, e não Peter Parker.

A Marvel está fazendo a maior inclusão possível em seus quadrinhos porque percebeu que o mundo não é feito apenas de homens brancos, mas também de negros e mulheres. É por isso que vimos Sam Wilson ficando no lugar do Capitão América, Thor sendo uma mulher, e um Homem-Aranha negro. Tudo isso mostra que estamos num momento em que não deve mais existir preconceitos.

É um absurdo esses preconceitos existirem ainda hoje, onde as pessoas são tão modernas e têm uma forma tão atual de pensar. Será que o preconceito não está fora de moda? Por que essas pessoas que seguem a moda das roupas, tecnologias, lugares badalados também não seguem modas mais simples e que fariam a vida melhor, como a moda de viver sem preconceitos, a moda de não jogar lixo na rua e nem nas praias, a moda de não ser vândalo, e de não usar drogas?

Enquanto isso essas pessoas perdem tempo fazendo essas comparações e críticas sem valor que só lhes deixarão mais ignorantes e menos inteligentes. Que lhes deixarão com mais mente vazia e menos mente aberta para novas informações e aprendizados úteis.

Não sei como está sendo a reação nos Estados Unidos, mas aqui no Brasil isso é decepcionante e vergonhoso, quando sabemos que TODOS NÓS somos miscigenados. Todos temos sangue de branco, índio, negro e oriental.

Está na hora de mudarmos a nossa forma de ver o mundo e a nossa forma de pensar. Temos que evoluir as nossas mentes e pensamentos. Claro que essas mudanças não devem ser para coisas ruins e que não prestam, ou que afligem a ética, a moral e as leis, mas sim para coisas boas e que deixarão o mundo melhor.

Anúncios
O preconceito com Michael B. Jordan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s