Crise na Band

Pois é, a Band está em crise, e por isso começou a fazer um corte de custos bem grande. Só quem está garantido é Datena, Ricardo Boechat e outro lá que é o cunhado do dono. Mas o resto, tudo corre risco de ir para rua. Na verdade muitos já foram confirmados, só falta mesmo sair oficialmente. O primeiro confirmado foi Rafinha Bastos e o seu Agora é Tarde.

Luiz Bacci, que saiu da Record com a promessa de que teria 2 programas de auditório, perdeu o seu primeiro programa com poucos meses de existência e foi apresentar um telejornal matutino. Ele foi contratado pela emissora como uma estrela e grande promessa de audiência. Claro que não vingou, porque jornalista e artista sozinho não dá audiência. A emissora tem que dá o suporte necessário financeiramente e criativamente para o programa andar. O que deram a Luiz Bacci foi um programa policial com plateia, para ele chamar de programa de auditório. E no fim de tudo ficou sem programa de auditório, e agora sem Band e sem Record.

Eu não imaginava que isso iria acontecer, mas eu sabia que era arriscado. Na época que ele assinou com a Band eu disse que se esse era o sonho dele, que ele corresse atrás, mas que era muito arriscado sim. Você sair da Record, onde tem um programa que é vice-líder, para ir para uma emissora de 4º lugar, que não consegue passar dos 4 pontos é muito, mas muito arriscado. Mesmo que a Band não quebrasse o contrato com ele, esse foi um passo arriscado para a sua carreira, já que estava sendo menos assistido.

Algo parecido aconteceu com Faccioli, quando assinou com a TV Jornal, afiliada do SBT aqui em Pernambuco. 7 meses depois, ele reincide o contrato dizendo que não se adaptou ao estado. Pode até ser, mas não acho que esse tenha sido o principal motivo da quebra de seu contrato (que era de 2 anos). O motivo é que ele foi contratado como a aposta da emissora para ficar na vice-liderança, e ganhar de Cardinot, da TV Clube, afiliada da Record. Cardinot é bem popular por aqui e já tem o seu público cativo. Faccioli, pouca gente conhece. Provavelmente ele ficou perdendo para o seu concorrente e a TV Jornal estava pressionando por resultados, é claro, porque o investimento foi alto.

Tudo isso não teria acontecido na vida de Faccioli se ele não tivesse se iludido, assim como Bacci, de sair da Record onde era conhecido (mesmo que só em São Paulo), para ir para a Band onde teria um programa a nível nacional.

E André Vasco então? Ele tinha contrato por tempo indeterminado no SBT, mas preferiu sair de lá para ir para a Band depois que viu todos os jurados do seu programa serem demitidos. As notícias da época disseram que foi André Vasco que quebrou o contrato com o SBT e não o contrário. Se ele tivesse esperado um pouco mais na geladeira, poderia estar apresentando o Esse Artista Sou Eu, que tem os mesmos jurados que ele trabalhou nos seus programas. Márcio Ballas nem era mais contratado do SBT, mas voltou para lá porque o SBT não tinha mais quem colocar no programa.

Ainda me surpreende a Band fazer uma nova temporada do MasterChef e contratar Richard e um grupo de especialistas para um programa sobre animais e natureza. Espero que não dure pouco, primeiro porque esses profissionais não merecem, e segundo, porque ainda falta um bom programa nos sábados à tarde da TV aberta. Só desejo boa sorte para todos os envolvidos com esses programas, porque o negócio tá feio na Band.

Anúncios
Crise na Band

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s