Tirar Dilma do poder não é a solução para a crise econômica

Domingo passado teve mais protestos no Brasil todo, e até no exterior. Uma pesquisa da Datafolha revelou que 33% dos protestos são contra a corrupção, 13% são pedindo o impeachment de Dilma, 11% protestaram contra o governo e 11% contra o PT.

Aí você para pra analisar: antes tinha corrupção, mas ninguém sabia. Agora todo mundo sabe, e estão investigando, estão fazendo CPIs. O povo quer que aconteça mais o quê? Se Dilma sair nada vai mudar, porque o processo de investigação e condenação é esse. E se os condenados têm vantagens em relação aos outros bandidos, a culpa não é de Dilma e nem do governo. Por isso essas vantagens iriam continuar. O que tem que ser feito está sendo feito, e as pessoas não estão vendo isso. O problema é que as pessoas sabem que tem corrupção e ficam revoltadas com isso, mas vejam que está tendo ação quanto a tudo isso. Pior seria se não tivesse, ou se ninguém soubesse de nada.

A economia está ruim, mas mudar de presidente também não será a solução. Pode vir qualquer presidente, de qualquer partido, que não vai resolver imediatamente. E se resolver, fará sacrifícios, o que quer dizer que alguém vai sofrer. Não tem como melhorar a economia assim, de uma hora para outra. Tirar Dilma do poder não vai ser a solução.

Todos os candidatos (os principais) a presidência do ano passado disseram a mesma coisa: “independente de quem assumir, 2015 será um ano muito difícil para a economia”. Então não vai mudar nada ou quase nada se outra pessoa assumir a presidência da república.

Esses protestos estão sendo feitos todos em vão. Não muda nada, não acontece nada, até porque as coisas que são pedidas são um pouco absurdas. Tem corrupção? Sim. O governo de Dilma tá ruim? Sim. Mas tirar ela do poder vai adiantar alguma coisa? Não.

Não estou defendendo Dilma e nem o PT. Não votei nela ano passado, nem no 1º e nem no 2º turno, e também não gosto do governo dela. Mas as coisas que as pessoas estão pedindo não tem solução apenas trocando de presidente.

E outra: a maior parte das pessoas que estão nesses protestos são provavelmente pessoas que votaram na oposição no ano passado. Dilma acabou de ser reeleita e por isso não faz sentido os seus eleitores quererem que ela saia, porque na época das eleições todos já sabiam de todos esses problemas, e mesmo assim votaram nela. Se alguém se arrependeu, deve ter sido poucos, mas a maioria são as pessoas da oposição mesmo. A diferença entre Dilma e Aécio foi só de 3 milhões de votos (aproximadamente), então é claro que a quantidade de pessoas que continuarão insatisfeitas com o governo ainda será grande. Mas a maioria venceu, e ela foi reeleita. A decisão já foi tomada pelo povo brasileiro, através da democracia que nos permite tomá-la. Não tem mais como voltar atrás.

Então, pessoas, abram a mente, porque os seus pedidos não são para prevenção de algo, e sim contra problemas – e grandes problemas, por sinal – que já existem e que são difíceis de ser solucionadas.

Anúncios
Tirar Dilma do poder não é a solução para a crise econômica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s