O direito de greve deveria ser regulamentado

Já estou cansado de tanto ver greve de ônibus sendo feito. Não sei em outros locais do Brasil, mas aqui em Recife isso vem acontecendo com frequência. Antes, uma paralisação acontecia no máximo uma vez por ano. Agora temos várias paralisações ao longo do ano. Tudo bem os trabalhadores correrem atrás dos seus diretos, mas, e quando isso prejudica muitas outras pessoas? E quando se torna frequente, o que fazer?

O direito de greve deveria ser regulamentado. Proibido não, senão o governo iria se aproveitar dos trabalhadores, mas sim regulamentado para colocar limites. A minha lógica é simples: se você quer ser professor, faz um concurso e passa, por que fazer greve? Muitos alunos ficam prejudicados em seu ano letivo por causa disso. Ao ler o edital do concurso, você vê o salário, benefícios, quantidade de horas semanais de trabalho e outros detalhes. Quando você se inscreve está concordando com o edital, como se estivesse assinando um contrato. As condições de trabalho todo mundo já conhece, e sabe que não são das melhores. Aí depois do professor passar e começar a trabalhar começa a fazer greve? Isso não é errado? Ele não já tinha todas as informações sobre o trabalho dele ao se inscrever no concurso?

E quanto aos motoristas de ônibus, então? Tudo bem que eles têm um trabalho estressante e têm que se sujeitar a muitas coisas ruins, desde gente mal educada, até assaltos e descontos no salário por coisas que quebraram no ônibus. Mas eles ganham quase 2 mil reais. Enquanto isso tem muita gente fazendo faculdade para trabalhar como auxiliar ganhando apenas 800 reais (essa é a realidade da área de Administração). Então os motoristas ganham muito melhor do que muita gente, e nem por isso todo mundo fica fazendo greve.

E se não estão gostando do trabalho, saiam, e procurem outro. Mas nem saem (porque precisam se sustentar e sustentar as suas famílias), nem gostam do trabalho, e ainda ficam prejudicando muitas pessoas. Se isso acontecesse só de vez em quando, tudo bem, estão correndo atrás dos seus direitos, mas direto não dá. A população fica mais prejudicada do que os motoristas.

Se o professor não gosta da escola do governo, então saia e procure emprego numa escola particular. Mas prejudicar os alunos não dá. Tem várias pessoas querendo emprego por aí.

Professores e motoristas foram apenas dois exemplos. Mas esse meu pensamento serve para todos os órgãos do governo e empresas que fazem greves e prejudicam as pessoas. Tem gente que quanto mais tem, mais quer. Mas tem gente que não tem metade do que os concursados têm, e vivem. Esses profissionais, qualquer coisinha é motivo para parar de trabalhar. Mas sair, deixar o seu emprego, e dar para quem realmente quer e precisa… Isso ninguém faz.

Por isso eu acho que a greve deveria ser regulamentada. Deveria ter um limite da quantidade do seu uso, e também ser estabelecido casos específicos para que pudesse ser usado, para que os trabalhadores não fizessem por qualquer motivo e não abusassem desse direito.

E fazer greve para aumentar o salário não é motivo (a não ser quando ele realmente ficou desvalorizado). Você já sabe quanto vai ganhar antes de entrar na empresa. Se não tá gostando saia e procure algo melhor. Ou se contente com o que ganha porque a vida não é fácil para ninguém, e tenha certeza de uma coisa: tem gente vivendo numa situação pior do que a sua.

Com uma regulamentação a população sairia ganhando porque a quantidade de greves diminuiria e ninguém seria prejudicado. Ao mesmo tempo, os trabalhadores também não seriam prejudicados porque quando quisessem (e tivessem motivo) poderiam fazer a greve, mas de forma mais limitada.

E se mesmo assim os funcionários chegarem na empresa, baterem o ponto, mas não quiserem trabalhar (assim eles não perdem dinheiro e continuam com a greve), então outra atitude do governo deveria ser tomada, com mais firmeza. Claro, que isso só quando não tiverem motivos, ou quando eles forem de besteiras. Mas quando for coisas sérias e realmente necessárias, que o governo seja justo e faça o que estão pedindo para a desordem acabar logo e todos serem felizes.

Anúncios
O direito de greve deveria ser regulamentado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s