Sobre filmes e séries infantis

No post passado eu fiz uma citação de Wendell & Vinnie, uma série infanto-juvenil da Nickelodeon (que só teve uma temporada). Eu não sei se já falei sobre isso aqui, mas eu gosto dessas séries da Nickelondeon e Disney rs. Tinha parado por alguns anos, mas agora voltei a assistir. Acho legal o humor mais simples e inocente dessas séries, e a mesma coisa em relação a filmes infantis/infanto-juvenis. Até hoje sempre que passa algum filme na Sessão da Tarde ou Cine Aventura que eu ache legal ou tenha curiosidade de ver, eu assisto, seja para relembrar a infância ou seja para simplesmente passar o tempo e me divertir.

Séries e filmes de comédia para adultos sempre apelam para algo sexual, que às vezes pode até ser engraçado, mas parece que essa é a única ideia que se tem para fazer graça. Comédias de adultos quase sempre estão vinculados a algum conteúdo sexual ou de bebedeira. Parece que essas são as únicas coisas que divertem os adultos. Já as séries e filmes infantis ou infanto-juvenis conseguem brincar com coisas mais bobas e inocentes, e com características caricatas dos personagens, e por isso conseguem ser engraçadas, apesar de simples, e sem precisar serem apelativas. É por isso também que eu assisti Carrossel e Chiquititas e gostei delas. Às vezes são as coisas mais simples e os comportamentos mais fora do normal ou exagerados que podem virar graça, e os filmes e séries infantis fazem isso muito bem.

iCarly
iCarly, a melhor série de todas! ❤ Ainda torço para que um dia voltem numa série se passando anos depois, como aconteceu com Três É Demais/Fuller House

Um cara que eu gosto é Dan Schneider, o criador de iCarly. Ele trabalha nesse ramo há anos, mas não deixa de criar boas histórias para o público infanto-juvenil. Lembro de um filme chamado A Guerra do Hambúrguer que assisti várias vezes na Sessão da Tarde quando criança e adorava. Achava super engraçado. Só anos depois foi que descobri que esse filme foi feito por Dan Schneider, o mesmo incrível cara que criou iCarly, que para mim ainda é a melhor série infanto-juvenil dos últimos anos. Ele é bom, é criativo, sabe contar piadas e uma boa história para crianças. Aqui no Brasil nunca tivemos um talento assim. O máximo que tivemos foi Didi, mas que nem era tão engraçado assim, era só legal. Já Dan Schneider é talentoso, é bom no que faz. E ele é um adulto, mas que vive nesse universo de entretenimento infantil, com histórias simples, bobas, caricatas, exageradas e que não deixam de ser engraçadas.

Só não sei se essa minha preferência tem a ver com idade mental ou nível de maturidade, mas espero que não rs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s