A hipocrisia das pessoas na Páscoa

Vamos falar de polêmica aqui. Ontem foi Páscoa, e me dá agonia ver nas redes sociais pessoas postando imagens de Jesus, de cruz, e frases bonitas, sendo que elas são pessoas que levam vidas mundanas, depravadas e erradas perante o olhar do próprio Jesus descrito na Bíblia. Acho isso de uma hipocrisia sem tamanho, porque elas só se lembram que Jesus existiu e morreu na cruz na época da Páscoa. Depois disso esquecem e voltam a viver as suas vidas seculares.

Quando eu tava na escola odiava isso. Uma vez, no Ensino Médio, uma professora, com autorização da coordenação, reuniu todas as turmas no auditório para que no lugar das duas últimas aulas ela falasse sobre Jesus e sua importância, mas só porque era época de Páscoa. Consegui ligar para os meus pais e largar mais cedo, então não assisti a apresentação inteira, e nem me importava com aquilo. A mesma coisa nos anos seguintes.

Da mesma forma, ainda no Ensino Médio, desde o 1º ano que se formou um grupo de alunos evangélicos que se reunia toda sexta-feira para cantar no pátio, como um mini-culto na hora do intervalo. No começo me chamavam para participar porque sabiam que eu era evangélico, mas eu sempre recusava. Depois pararam. Eu nunca disse o motivo a eles para não ofender ninguém e nem começar uma briga desnecessária, mas o motivo de eu recusar participar, é que daquele grupo ninguém parecia crente de verdade. Era um pessoal tão comum, tão mundano. Alguns falavam palavrão, eram bagunceiros na escola, cantavam música do mundo, não tinham um comportamento que identificassem eles como cristãos de verdade. Outros não falavam palavrão ou faziam nada do tipo, mas também, se não participassem daquele culto semanal ninguém saberia que eles eram evangélicos. Acho que você deve ser cristão todos os dias e em todos os lugares, e em tudo: no seu modo de falar, de andar e de agir. Não só nas sextas-feiras durante o intervalo da escola. Eu não me identificava com eles, ignorava o comportamento deles e achava que se estivesse naquele culto com eles estaria fazendo parte daquele grupo, eu seria um deles, e isso eu não queria.

A mesma coisa em relação a Páscoa. Você deve se lembrar de Jesus todos os dias, e não só na Páscoa ou no Natal. Tem gente que mal sabe porque Jesus morreu na cruz, mas mesmo assim fala disso como se fosse um desencargo de consciência que você deve fazer todo ano para estar de bem com Deus. Se as pessoas valorizassem Jesus de verdade, não só se lembrariam do episódio da sua morte, e sim dos seus ensinamentos, que é o principal. São os ensinamentos de Jesus, as suas palavras e a sua essência que devem ser levados em consideração, é deles que devemos lembrar e seguir todos os dias, e são eles que nos fazem ser chamados de cristãos. Só lembrar de Jesus na Páscoa soa hipócrita e falso. Por isso que nunca quis participar dessas palestras da escola, mesmo sendo evangélico, porque para mim isso não faz sentido, principalmente vindo de quem eu vejo que não tem uma vida dedicada a Deus e à Bíblia de verdade. Já se viesse de alguém que fosse um cristão de verdade, aí já seria outra história. Aquela pessoa teria mais credibilidade ao falar sobre aquilo, porque ela não estaria simplesmente lembrando de Jesus na Páscoa, porque ela vive Jesus todos os dias. Não soaria falso, não soaria artificial, não soaria como um “ah, é Páscoa, a gente tem que falar sobre a morte de Jesus”, que é algo como “ah, é Folclore, a gente tem que falar do Saci Pererê” ou “ah, é São João, a gente tem que organizar uma festa para ensinar a nossa cultura brasileira aqui na escola”.

P.S.: Apesar das minhas atitudes, não recomendo ninguém a seguir esse mesmo comportamento. Isso foi uma coisa muito individual minha, de acordo com o que eu penso.

Anúncios

Um comentário em “A hipocrisia das pessoas na Páscoa

  1. Não lembro qual teólogo disse isso, mas é uma bela verdade: “Pregue o Evangelho; se necessário, use palavras”. A religião deve ser praticada, não exibida. Porém, é difícil até para os cristãos de hoje em dia praticar algo, afinal, a Bíblia é radical (no bom sentido, obviamente). Aí fica nesse negócio.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s