Mudanças no blog

Eu tinha dito anteriormente que estava pensando em juntar o Mundo Geek com o Que papo é esse?, e agora é oficial: os dois blogs vão virar um só. Já faz tempo que penso em fazer mudanças em relação ao Mundo Geek. Minha primeira ideia foi tentar mudar o meu modo de escrita para algo mais profissional, para tentar achar um novo lugar para o blog dentro de um site mais bem sucedido que precisasse de textos nessa área. Dessa forma o site ganharia com conteúdo num novo assunto, e eu seria mais lido e poderia até participar das cabines de imprensa dos filmes. Não encontrei nenhum site que se adequasse, então desisti dessa ideia e da ideia de mudar o modo de escrita, porque seria muito esforço para nada. O nome do blog ainda me incomodava, porque apesar de eu mesmo ter escolhido, ele é o nome de uma loja online conhecida, e de vez em quando eu recebia contatos de gente perguntando quando iria chegar os ingressos da CCXP. Mas como eu não tinha nenhum nome melhor, então terminou ficando tudo do jeito que estava.

Até que me surgiu essa ideia de migrar as postagens de lá para cá. Como eu escrevo as resenhas de forma pessoal e não tenho pretensão de ser profissional nessa área (isso é só um hobby mesmo), então aqui é o lugar ideal.

Vou migrar para o Blogger. Apesar de gostar do WordPress.com ele tem algumas limitações que acho que vão me incomodar nessa nova fase do blog. Vou sentir falta desse visual bonito e do editor de texto do WordPress.com, coisa que no Blogger ainda não traz uma boa experiência. Depois que comprei o notebook novo consegui instalar de novo o Open Live Writer (que tinha deixado de funcionar do nada no notebook antigo), mas mesmo assim a experiência de escrever no próprio editor do WordPress é melhor do que escrever nele. Também vou sentir falta da divisão de categorias e tags, mas vou tentar simular esse comportamento no Blogger.

Os principais motivos para eu mudar para o Blogger são esses:

  • O WordPress.com tem limite de imagens no plano gratuito de 3 GB. Eu não ligava para isso porque eu quase não coloco imagens nos textos daqui, mas no Mundo Geek toda postagem tem imagens. E de vez em quando eu posto uns GIFs, que são mais pesados e consomem mais espaço. Esses 3 GB poderiam até demorar para encher, mas a longo prazo me parece insustentável. Então se eu sei que um dia vou precisar mudar para o Blogger (porque pagar por mais espaço não é uma opção), é melhor fazer isso logo agora mesmo.
  • O WordPress.com não permite colocar anúncios. Isso também não me incomodava porque esse é um blog pessoal onde posto minha opinião sobre as coisas e ele nunca teve muitas visitas, mas o Mundo Geek tem cerca de 2000/3000 visitas ao mês. É pouco, e o rendimento de anúncios dele são centavos por mês, mas é melhor do que nada. No WordPress para colocar anúncios eu tenho que ter um domínio próprio e um número mínimo de visitas mensais que ele não diz qual é. Ou seja, eu teria que gastar dinheiro com um domínio próprio para arriscar ainda ser aprovado ou não pelo programa de monetização do WordPress (que é  um programa próprio parecido com o Adsense – o Adsense mesmo não é permitido na versão gratuita). Gastar dinheiro com blog é algo que não está nos meus planos atuais.
  • A caixa de spoiler. Eu uso muito no Mundo Geek uma “caixa” que deixa um parágrafo específico com traços vermelhos ao redor para indicar que ali contém spoiler. Mas para isso ser possível o código dele tem que estar no tema do blog, e na versão gratuita do WordPress.com você não pode mexer nos códigos.
  • Os comentários do WordPress.com, apesar de bons, às vezes dá alguns erros. Nem sempre sou notificado quando recebo um novo comentário, e teve uma vez que aprovei um comentário na moderação duas vezes (sendo que eu só deveria ter aprovado apenas uma vez e ele já aparecer lá). São pequenos bugs que precisam ser corrigidos. No Blogger vou usar o Disqus.

Então comecei a procurar por um template decente para usar no Blogger, o que foi um verdadeiro desafio. A maioria dos templates de sites como o BTemplates e Premium Blogger Templates são templates antigos, que me remetem a 10 anos atrás, quando os blogs estavam em alta e aqueles templates eram a última moda. Hoje dá para ver como o visual deles ficou ultrapassado. E eles parecem padronizados, são todos iguais e só mudam as cores. Tem alguns mais novos, que são inclusive responsivos, mas eles são difíceis de mexer no HTML, que parece ter outro padrão dos templates antigos. Eu cheguei a instalar alguns para tentar mexer, mas não conseguia achar os locais certos para fazer as modificações. Para mim foi difícil, ainda mais porque não entendo nada de códigos, então faço essas coisas me aventurando mesmo.

Eu queria um template parecido com esses que usei aqui no WordPress, simples, de fundo branco, com letra grande e fácil leitura. Achei alguns com essas características, mas sem a barra lateral, então não quis eles, porque queria ter a barra lateral para colocar algumas informações e para deixar com mais cara de blog pessoal.

Achei apenas um template que é bonito e responsivo, o Suits, e que tinha a estrutura do código parecida com as dos antigos templates do Blogger, e nele eu consegui mexer, mas ele foi ficando estranho. Quando eu já tinha terminado quase tudo, achei que ficou vazio. Coloquei a mesma fonte daqui, o mesmo tamanho, os links da cor azul, igual aos daqui, mas o resultado no geral não ficou bom. Faltava harmonia, e quando eu abria o blog do WordPress e comparava com o do Blogger isso ficava claro. Não era só o fundo branco, as fontes, os tamanhos delas e a cor dos links, até porque isso tudo tava igual, mas mesmo assim o template do Blogger ficou estranho, ficou simples demais, branco demais, é como se estivesse faltando alguma coisa. Faltava personalidade, faltava detalhes, faltava cor e vida. Era a harmonia geral do tema do WordPress que eu não consegui imitar no Blogger. Tentei ainda modificar vários outros templates. Foram 11 no total (fora os que eu apenas baixei, instalei e não gostei de cara), e em todos eles o resultado final nunca ficava bom, sempre tinha alguma coisa ruim, ou sempre tinha alguma coisa que eu não conseguia modificar pelos códigos.

Os templates padrão do Blogger são feios e simples demais. Daria para personalizá-los mais se eu conhecesse HTML, mas isso daria um trabalho maior. Mais um ponto positivo do WordPress.com: apesar dele ser bem limitado na personalização de um tema, pelo menos tudo é feito de forma simples, fácil e rápido. Você não perde horas e dias mexendo nele, como acontece com o Blogger.

Perdi alguns dias com isso, e nesse meio tempo cheguei a pensar em continuar no WordPress, mas aí me lembrava daqueles pontos acima, principalmente o da caixa de spoiler. Como isso é algo que eu uso muito, então não tinha jeito, eu teria que ir para o Blogger mesmo.

Até que me lembrei do primeiro template que usei no Fique Sabendo!, o Template Magazine do Dicas Blogger. Coloquei ele, e foi o que chegou mais próximo do que eu queria. Apesar de antigo, ele ainda é um template relativamente bonito. E como ele é bem simples, foi bem fácil mudar o que eu queria nele (só mudei as fontes, na verdade). Mas quando vi os textos já publicados nele não gostei de um detalhe: o espaçamento entre parágrafos era muito curto nos textos que eu tinha publicado pelo Open Live Writer. Já os textos publicados pelo Blogger estavam bons. Para corrigir isso eu teria que adicionar <br/> em entre todos os parágrafos no Writer antes de publicar um novo texto, o que seria um trabalho a mais. Então tive uma ideia: peguei o primeiro template que eu tinha personalizado, mas que depois não gostei porque ficou muito vazio, o Suits, e coloquei nele todas as cores do Template Maganize. No final o template ficou bem parecido com o Template Magazine e com a vantagem de não ter esse problema do espaçamento entre os parágrafos e ainda ser responsivo. Gostei do resultado final.

Outro trabalho que vou ter a partir de agora vai ser na migração das postagens. São 184 postagens do Que papo é esse? e 314 do Mundo Geek, e eu vou ter que revisar um a um para mudar os links que coloco no meio dos textos e ajeitar a formatação. No total serão 498 postagens para revisar. Quando fui migrar as postagens do WordPress para o Blogger, descobri que não existe uma forma de fazer isso. Migrar postagens do Tumblr para o WordPress e do Blogger para o WordPress é fácil, mas do WordPress para o Blogger não, porque o arquivo XML que o WordPress gera é de um padrão diferente do XML do Blogger. Pelo que pesquisei, antigamente existiam sites que faziam a conversão, mas agora todos eles estão fora do ar. Então o jeito é migrar manualmente, um a um. Vou aproveitar isso para deixar algumas postagens sobre televisão para trás. Além desse não ser mais um tema que eu tenha tanto interesse como já tive antigamente, alguns desses posts eu fiz com comentários sobre momentos específicos daquela época, e por isso não é mais interessante mantê-los. Os outros que são mais atemporais vou deixar. Como vou ter que fazer a migração manualmente, vou fazer aos poucos, então vai demorar um pouco até todas as postagens estarem no Blogger. Já as postagens do Mundo Geek já estão todas lá, já que o Mundo Geek era no Blogger.

Também descobri que o Disqus não permite migrar comentários de um blog para outro, mesmo que o outro use o próprio Disqus. Aí termina complicando as coisas. Os comentários, como os daqui são poucos, eu vou copiar e colar no blog novo, mas os do Mundo Geek são mais, então não vai dar. Infelizmente vou ter que perder os poucos comentários que tenho no Mundo Geek.

Espero que essa seja a última vez que eu esteja mudando de plataforma, porque dá muito trabalho. Quando eu mudei do Tumblr para o WordPress foi mais fácil porque tinha menos postagens.

Ainda tem os textos que eu escrevi em 2014 para o projeto do blog de inglês que terminou não dando certo. São mais de 20 textos que escrevi e não publiquei até hoje. Vou dar uma olhada neles e talvez eu publique eles agora mesmo nessa nova fase do blog, sem o compromisso de voltar a escrever dicas de inglês no futuro, mesmo que eu volte a fazer um curso de inglês.

É interessante ver a evolução do Que papo é esse? ao longo do tempo. Ele tem 3 anos e 9 meses. No começo, quando ainda era no Tumblr eu escrevia de tudo. Como o Tumblr não é muito usado, eu escrevia lá as minhas tristezas e choros. Quando mudei para o WordPress resolvi deixar essas postagens mais sentimentais para trás e não escrever mais postagens desse tipo, e nos 2 anos que passei aqui no WordPress não senti falta em momento nenhum de escrever posts desse tipo. Percebi que eu mudei e melhorei e o blog acompanhou essa mudança. Quando mudei para o WordPress eu também estava mudando. Não foi algo planejado, ou que eu pensei “chegou a hora de mudar”, mas que aconteceu, e depois eu percebi isso. É claro que eu não quis mais postar sobre sentimentos e tristezas quando mudei para o WordPress, mas isso foi porque eu já estava mudando, porque vi que não era bom escrever e registrar tantas coisas ruins e tristes e que aquilo não me ajudaria em nada. Da mesma forma agora o blog está passando por outra mudança, onde vai receber novos tipos de posts e de assuntos, onde as pessoas vão conhecer um outro lado meu que antes estava separado em outro blog, mas que agora estará tudo aqui, já que é aqui onde posto a minha opinião sobre tudo. Vai ser um blog sobre mim mais completo de certa forma. E no futuro pode receber ainda mais assuntos, conforme o tempo for passando e minha vida for mudando. Como a gente tá sempre em mudança e querendo melhorar as coisas, acho que isso é algo natural.

Então esse é o novo link do blog a partir de agora (e as novas postagens serão publicadas apenas lá): http://quepapoeesse1.blogspot.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s